Legislativo Mirim realiza sessão ordinária

21/03/2018

Na quarta 14, aconteceu na sede da Câmara Municipal de Vereadores de Pinhal, a primeira sessão ordinária do ano de 2018 do Legislativo Mirim, dando sequência ao projeto que visa despertar nos jovens o gosto pela política e a consciência quanto a importância da sua participação na sociedade.
Além da presença de todos os vereadores mirins e alguns familiares, também estiveram na sessão o vereador responsável pelo projeto, Antonio Frighetto e atual presidente do Parlamento, além da diretora do projeto, Michele Maciskoski.
Frighetto, deu posse a duas vereadoras suplentes que assumiram em substituição de dois mirins eleitos que saíram do Município. O presidente da casa, chamou a atenção para a supremacia de meninas na composição da nova legislatura, contando com sete integrantes do sexo feminino e apenas dois meninos.
Em 2017 aconteceu a eleição dos novos vereadores mirins e por consequência o encerramento da legislatura anterior, assim, segundo o regimento interno, na primeira sessão ordinária de 2018 também aconteceu a eleição da nova mesa diretora, sendo eleita Jenifer Tres como presidente, Lucinara Camara vice-presidente, Lara Zanchetta Piovesan primeira secretária e João Paulo Moro segundo secretário.
Também compõem o Legislativo Mirim; Germana Turri, Jaisson Veiga de Ávila, Lívia Beltramin Piesanti, Emili Rubbo Maciel e Erica Marieli Zambone. As sessões ordinárias acontecerão bimestralmente durante ao ano letivo, conforme prevê o regimento interno.
Além das atividades legislativas, a diretora do projeto, Michele Maciskoski, destaca o comprometimento da iniciativa com o eventos da comunidade. Em 2017 por exemplo, os vereadores mirins participaram ativamente da campanha contra a dengue e dos preparativos para a inauguração da sede própria da Câmara Municipal de Vereadores, desempenhando papel fundamental e mostrando o engajamento com as questões sociais.
Os jovens parlamentares também podem fazer indicações e levantar temas para debates, que sendo de relevância serão levados ao plenário nas sessões ordinárias do Poder Legislativo, podendo após isso, também serem encaminhadas ao Executivo.

Edevaldo Stacke/Ascom Câmara Pinhal.